quarta-feira, 28 de fevereiro de 1979

Tempo

Mestre e correto é o tempo
Todas as coisas norteiam o tempo
Até o sobrenatural depende
Do tempo

O querer é algo com que sonhamos
O querer é o precisar
O morrer não é o querer
É o ter é o depender.

Maldito tempo
Faz-nos mendigar na vida
E traz-nos o necessitar
Por ser um cruel inimigo em apoiar.

Deveríamos fugir
Do maldito tempo
Pois dele não podemos
Vingar.