sábado, 28 de fevereiro de 2009

Tatuagem

Vou tatuar o meu corpo
Com um Escorpião
Porque sou racional,
Mas destrutiva de coração. 

Não, não - Vou tatuar Ideograma japonês.
Representando a minha índole refinada
Pelo meu bom gosto estético
Fidelidade e amor. 

Oras! O Coração em chamas
Para mostrar o meu domínio
Tipificar este poder
Apenas cognitivo do meu ser. 

E o Tubarão?
Caminho na solidão
Curiosa por missão
Sem submissão. 

Vou, é tatuar um Dragão
Para sentir o meu controle
Meu desejo
Minha auto-afirmação. 

Ou caio na esparrela 
Tatuando os símbolos Tribais
Neste motivo abstrato
Voltar-se-ão olhares que sinto escasso. 

Ou uma Lagartixa?
Para manter o meu autocontrole
E a contenção dos sentimentos?
Que lamento! Tatuagem.

Fera domada

Nasci fera e fui domada
pelas chicotadas da vida.
E para cada chicotada
Uma literatura inteira foi percebida.

Aprendi comportamentos, ética e filosofia
sociologia social e psicologia.
Mesmo tendo tudo inato, em cada chicotada
os conceitos postos em prática afloraram dia-a-dia.

Reconheço no silêncio alheio
a não cumplicidade,
se não fala é por comodismo
por rancor e por maldade.

Estes seres mal iluminados
utilizam por efeito a alienação
a desculpa depressiva
como doença mental pela preguiça.

Analiso nos seres que se dizem ingênuos,
no abafo da sua sublimar inteligência,
achando que nesta obstinação
será capaz de não transmitir o seu real sentimento.

Oh! Fraqueza mental amadora, Oh! Inteligência fatal
do erro que não tolero
é, o ser que é capaz de confundir
conceitos das palavras sem contexto.

As chicotadas me acresceram conhecimentos,
sou seletiva por excelência,
só compreendo
conceitos verdadeiros.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Amor amigo

Amor amigo é aquele que existe sem interesse,
sem querer nada em troca.
É o amor perfeito
não anedota.

Amor amigo não aconselha
Não se envolve no âmago
do que mais belo o seu dito amigo já construiu.
Amor amigo é participação exponencial.

Amor amigo não chora mágoas
pela compaixão.
Amigo não aceita por devoção
tudo que lhe é dito.

Amor amigo discute se defende,
possuem pontos de vista diferentes,
combatem os seus princípios
e vontades.

Ser seletivo na amizade
é o estado da arte.
O amigo não é só meu,
É da vida pelo amor da amizade.